quarta-feira, 23 de agosto de 2006

the corrs & alejandro sanz-una noche

sexta-feira, 11 de agosto de 2006

Loucura ...



Atiças-me como um fogo... encostas-te e deslizas ...
Surgem fantasias há muito escondidas...
Aqui estou eu, nua para ti ...
Intensamente nua...
Para que na tentaçao caias de me tocar inteirinha ...
Ofereço-te deste mel...
Que te sirvo em meus lábios...
Tua boca ansiosa me suga...
Lambe-me .... tortura ....
Teus sussurros no meu ouvido...
Deixam-me em desatino... denuncio esta entrega ...
Sou tua aqui e agora ...
E quando digo que não te quero mais...
Minto...
Porque quando me entrego a ti...
Sou feliz ...
Porque mais ninguém fez do modo que eu quis !!

Ana Cardoso

Quiero perderme en tu cuerpo ...


O teu beijo ...


"É no teu beijo, que me perco e me encontro... e depois kuando acaba e se torna a começar.... me apercebo porque é ke existe dependência... é porque o teu beijo me faz querer sempre mais e mais ... "
Ana Cardoso

Eterno ...

Eterno ...
O toque da tua pele na minha ...
O cheiro do teu corpo no lençol ...
Os olhares que se cruzaram ...
As mãos que se tocaram ... e fez-se canção ...
Eterno ...
É o toque das duas bocas ...
Saboreando-se como se amanhã não houvesse ...
Sofreguidão de prazer ...
Neste quarto de hotel ...
Onde agora escurece ...
Fui tua ...
Foste meu ...
Eterno ...
Apenas o momento ...
E a lembrança, de que um dia...
Por um momento ...
Foste meu ...
(dedicado a minha amiga Lia)
Ana Cardoso

quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Sussurra - me ...



Vem...
Sussurra-me os teus mais profundos desejos...
Aqueles que não és capaz de confessar a ninguém...
Aqueles que coras só de pensares neles...
Vem...
E deixa voar a imaginação...
Percorre o meu corpo com a tua boca...
E deixa-me louca...
Faz de mim leoa selvagem...
Cumpre desejos e beijos...
Agarra-me...
Aperta-me...
Sou tua...
E estou aqui...
Sussurra-me como gostas de mim ...

Ana Cardoso