terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Conta-me ...



Conta-me o segredo ...
Como é que eu faço? Para sem medo estar ao pé de ti ...
Conta-me como não penso, que um dia vem e te vais,
E para trás ficam dois corações, duas mãos dadas e duas ilusões...
Conta-me...
Preciso saber...
Não quero ser apanhada de surpresa, sem ter a certeza,
Que te vais por não me amares,
Que seja outro o motivo...
Que seja outra a razão da minha dor.
Quero que me digas, cada dia que passa,
Que não há segundo, nem minuto, que não penses em mim,
Em ti, em nós...
Quero que me digas, que se um dia te fores,
A razão essa, não será a falta de Amor.

Ana Cardoso

3 comentários:

Joao Norte disse...

"Conta-me o segredo"
Bonito.

Charmoso disse...

Conto todos os segredos que precisares.

beijo

Zeze disse...

Olá Ana

Continuas com os teus Blogs :)
Hoje andei a passear pelo passado, muitas vezes Bom outras nem tanto...

Beijoka Amiga